Março 2022

Dia Mundial de Combate ao Sedentarismo alerta para a importância dos exercícios físicos

Confira dez dicas para sair do sedentarismo

Para saber se você é uma pessoa sedentária é importante que responda a alguns questionamentos: costuma fazer exercícios físicos regularmente? Faz acompanhamento médicos e exames periódicos para saber se a sua saúde está boa ou se índices e taxas, como nível de gordura no sangue, estão dentro dos patamares aceitáveis? Se a sua resposta é não para as duas perguntas, está mais do que na hora de se preocupar e fazer algumas mudanças nos seus hábitos, como, por exemplo, abrir mão do carro quando pode ir a pé, trocar o elevador pelas escadas, além de estabelecer uma rotina com um horário específico para cuidar da saúde e movimentar o corpo.

Mas, calma, você não está sozinho. Infelizmente milhões de brasileiros são sedentários e não andam muito preocupados em buscar uma vida mais saudável. Segundo uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 47% dos brasileiros são sedentários e, entre os jovens, a situação é mais preocupante, chegando a 84%. 

Esse assunto é tão relevante que a Organização Mundial da Saúde (OMS) escolheu o dia 10 de março como o Dia Mundial de Combate ao Sedentarismo, para chamar a atenção da população sobre as graves consequências causadas pela falta de exercícios físicos e incentivar práticas que elevam a qualidade de vida e previnem doenças crônicas, como hipertensão, diabetes, obesidade, acidente vascular cerebral (AVC), hipertensão, etc.  Além de fazer mal para o corpo, a ausência de atividade também pode levar a doenças comportamentais, como depressão, ansiedade, entre outras.

Ficou convencido de que precisa se mexer para sair do sedentarismo, veja algumas dicas:

  1. Tenha um acompanhamento médico

Antes mesmo de iniciar sua rotina de treino, é necessário consultar um médico, pois ele dará as orientações sobre as atividades adequadas a sua saúde. E, durante todo o processo de exercícios físicos, periodicamente, mantenha o acompanhamento do profissional de saúde, pois é tão importante quanto a preparação em si, tanto para evitar problemas de saúde quanto para otimizar os resultados do treinamento.

  • Busque uma atividade física preferida

Não tem como saber qual é a sua atividade física preferida se não experimentar. Então, movimente-se: caminhe, dance, corra, pedale, faça ginástica… Experimente e depois escolha com qual delas você se identifica.   Se a sua escolha for por atividades que não tenham tanto impacto, provavelmente você vai preferir aulas mais tranquilas como a de pilates, natação ou hidroginástica. Numa academia profissional, terá todas as orientações para que inicie no ritmo certo, sem que sofra contusão muscular ou pese demais no treino, podendo prejudicar sua saúde.

  • Para não desistir, treine perto de casa ou do trabalho

Há inúmeras pessoas que se matriculam em academias todos os dias e desistem rapidamente da rotina de exercícios por causa da distância. Por isso, escolha um local que seja perto da sua casa, trabalho ou esteja em seu trajeto cotidiano.  

  •  Uma companhia nos exercícios pode ser um estímulo

Para alguns, entrar no propósito de não ser mais sedentário e iniciar uma rotina de exercícios físicos pode ser muito difícil, caso não tenham um estímulo de outra pessoa. Se você é um destes, então procure alguém que já faça treinos ou esteja precisando tanto quanto você e tente encaixar sua agenda de atividades com a dele. Exercícios em duplas, trios ou grupos são mais prazerosos, incitam o convívio social e um estimula o outro para se manter no foco.

  •  A pressa nem sempre leva aos bons resultados

Algo que afasta muitas pessoas da rotina de exercícios físicos é pensar que seu esforço é em vão, pois não consegue ver o resultado a curto prazo. Não se engane, os resultados não são imediatos, pois eles são conquistados diariamente. Para manter o foco, estabeleça seus objetivos: onde quer chegar com suas atividades? Pense que a primeira coisa a alcançar é saúde, sair do sedentarismo, para, então, depois de algum tempo ver no espelho os resultados estéticos.  

  •  Exercícios e boa alimentação andam juntos

De nada adianta suar a camisa nos exercícios físicos se a alimentação é ruim. Para ver resultados, precisa buscar uma alimentação correta, que potencializará os seus ganhos e ainda motivar. O corpo necessita de determinadas quantidades de nutrientes e, se não estiver sendo suprido corretamente, pode prejudicar os resultados e causar desânimo.

  •  Saiba equilibrar atividade com descanso

A pessoa que não dorme bem e não se preocupa com o descanso, certamente não renderá bem nos treinos, pois se sentirá muito cansada. Além disso, o cansaço pode ser mais um motivo para desistir ou faltar à academia. Lembre-se de que tudo que fazemos com prazer, fazemos melhor, e isso vale também para os exercícios físicos.  

  • Escolha o horário em que esteja mais disposto

Cada pessoa tem seu horário biológico, sabe em qual período do dia se sente mais disposto ou sente mais preguiça. Se puder, escolha o melhor para você, mas, caso não seja possível, adapte-se à nova rotina, dentro dos horários possíveis. Mas, sempre tem aquelas alternativas, de acordar mais cedo ou dormir mais tarde, na intenção de procurar o que seja mais agradável na manutenção do treino.  

  •  Mude seus hábitos

Não basta frequentar uma academia ou treino durante a semana e passar o final de semana ancorado num sofá, comendo guloseimas. Que tal ter como hábito fazer algo diferente que, além de divertido, seja bom para o seu corpo, como praticar alguns esportes: trilha, corrida, bicicleta, natação, longboard, skate, futebol, vôlei, basquete, entre tantas outras coisas?  Esse tipo de lazer sozinho, em grupo ou família é sempre prazeroso e divertido, pois dão mesmo aquela sensação de liberdade e alegria de viver que todos precisam.  

  1.  Curta e compartilha

Se você é adepto à rede social, compartilhe sua nova rotina de atividades físicas com seus amigos, como a nova dieta, o novo modelito esportivo, suas atividades e resultados. Além de ser bom para sua autoestima, estimulará outros a seguirem o mesmo caminho. Seus contatos, certamente, vibrarão com suas conquistas e incentivarão a sua manutenção desta nova forma de viver.

Agora, você já sabe o que fazer para sair do sedentarismo, conte com a e.body para lhe auxiliar na sua rotina de exercícios físicos.  

Gostou deste texto? Então, não se esqueça de compartilhá-lo em suas redes sociais para que seus amigos também possam conferir as nossas dicas! Aproveite e curta a nossa página do Facebook e fique por dentro de todas as novidades.

Curtiu? Então compartilhe:
icone-facebook.png icone-twitter.png icone-whatsapp.png